domingo, 24 de março de 2019

TECNOLOGIA É COISA DE CRIANÇA?


TECNOLOGIA É COISA DE CRIANÇA? 


É comum crianças nos dias hoje passarem mais de três horas por dia com aparelhos eletrônicos, como o smartphone, vendo vídeos no youtube ou jogando. Esses aparelhos emitem sequências sonoras, mas não conversam com a criança, isso pode desencadear em consequências no desenvolvimento motor e da linguagem, e até mesmo na representação de sua subjetividade como sujeito.

Por mais comum que seja oferecer aparelhos eletrônicos para crianças ao invés de brinquedos, é preciso ficar atento, a tecnologia não pode substituir as relações humanas. Segundo a visão psicanalítica, essas relações são fundamentais na formação da identidade. É por meio do outro que nos constituímos. Além do mais, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, o ideal é que a criança só seja exposta a telas após os dois anos de vida. E ainda assim, é preciso restringir o seu tempo de uso em no máximo uma hora por dia.

Referências: JERUSALINSKY, J. As crianças entre os laços familiares e às janelas virtuais. SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. SBP lança conjunto de orientações em defesa da “Saúde das crianças e adolescentes na Era Digital”. 2016. Disponível em: http://www.sbp.com.br/imprensa/detalhe/nid/sbp-lanca-conjunto-de-orientacoes-em-defesa-da-saude-das-criancas-e-adolescentes-na-era-digital/. 



Por Muryel Domingos (licenciando em Psicologia – UFG)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário