segunda-feira, 25 de março de 2019

"A momo tem medo de menino que brinca de bola no quintal"


Este texto oportuno e elucidativo está dirigido aos pais, aos professores, a todos aqueles que cuidam de crianças. Assim como, também, dirigido para todas as crianças. As informações que ele contém são excelentes para pensarmos sobre esse tema (também, nos fornece ideias de como tratá-lo), assunto cujo objetivo é a tentativa de provocar, entre as crianças, atos malignos contra si próprias.

Agora passo a digitar o texto que figura na imagem a seguir:


“A Momo tem medo de menino que brinca de jogar bola no quintal. A Momo se assusta com quem se suja de terra, joga (não entendi), peteca, peão e anda de skate. A Momo não sai no sol! 
Ela gosta da solidão escura do quarto, do canto abandonado da sala, da tela fria de led. Ela abraça crianças abandonadas. 
Menino que corre rápido e sobe em pé de fruta ela nunca vai pegar! 
Não tenham medo crianças! Vamos, não tenham medo, o céu é o nosso limite e a gente pode escalar o arco-íris”. 



(Não identifiquei o autor).


Fonte: Centro Lydia Coriat

Local: Universidade Federal de Goiás - R. 235, 307 - Setor Leste Universitário, Goiânia - GO, 74605-050, Brasil
Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário